Ultimas Novidades

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Um novo olhar sobre a Fundação da Paraíba.




A fundação da Paraíba, ao contrário do que muitos pensam, deu-se no dia 4 de novembro de 1585, em conseqüência de um pacto de paz firmado entre o índio Piragibe, cacique dos Tabajaras e  Martim Leitão, no dia 3 de agosto do mesmo ano.

A data 5 de agosto é atribuída em memória do desembarque de João Tavares a fim de escolher o local onde seria construído o Forte que deu origem a cidade.

Segundo o historiador Horácio Almeida, “João Tavares no dia do desembarque não fez mais do que dar umas voltas em terra para verificação do sítio recomendado por Martim Leitão. Nem mesmo o local do Forte escolheu pois essa atribuição não era de sua competência.

O dia 5 de agosto ficou valendo por ser esse o dia da invocação à Nossa Senhora das Neves, nome esse atribuído ao seu primeiro batismo.”

Três anos depois, no Governo de Frutuoso Barbosa (1588/1591), a cidade passou a ser chamada de Filipéia de Nossa Senhora das Neves e foi atribuída a Frutuoso, “a idéia bajulatória de mudar o nome da cidade em homenagem ao rei da Espanha e Portugal , Felipe II.”

Em 1634, tivemos a invasão Holandesa e mais uma vez foi mudado para Frederica, em honra a Frederico, príncipe de Orange.

Depois da restauração, tomou o nome de Parahyba que manteve por quase trezentos anos, até ser substituído, em 1930, pelo nome de João Pessoa, o quinto do seu batismo.

É esta a ordem cronológica do batismo:

1º) Nossa Senhora das Neves……………1585/1588                3 anos

2º) Filipéia de N.Srª. das Neves…………..1588/1634               46 anos

3º) Frederica……………………………………1634/1654       20 anos

4º) Parahyba…………………………………….1654/1930       276 anos

5º) João Pessoa………………………………..1930                    85 anos

Como se vê, a nossa História já começa equivocada desde a data de sua fundação, na medida em que se adotou o 5 de Agosto como data de seu aniversário. Na verdade, a pedra fundamental que deu origem a cidade foi colocada no dia 4 de novembro do mesmo ano.

Fonte: Ubern

Nenhum comentário :

Postar um comentário